A guerra da Rússia com a OTAN – o ex-presidente da Lituânia está convencido de que o atraso no apoio à Ucrânia incentiva a Federação Russa a atacar


06 de fevereiro de 2024, 20h39

Há uma grande tentação para a Rússia atacar o Ocidente e os países da NATO, porque eles vêem a nossa indecisão em apoiar a Ucrânia - Ex-Presidente da Lituânia

© presidente.lt

A ex-presidente da Lituânia, Dalia Grybauskaite, está convencida de que os atrasos e a indecisão no apoio à Ucrânia estão a levar a Rússia a atacar os países da NATO. Bloomberg relata isso.

“Vejo a situação de hoje como uma grande tentação para a Rússia atacar o Ocidente e os países da NATO, porque eles vêem a nossa indecisão em apoiar a Ucrânia”, observou o antigo chefe da Lituânia.

Ela classificou a atual hesitação na ajuda à Ucrânia como “um enorme erro estratégico e tático, porque mais cedo ou mais tarde ele verá uma janela de oportunidade e tirará vantagem dela”.

Grybauskaite sublinhou que é demasiado tarde para conter a Federação Russa e que é urgente reforçar a defesa da Aliança.

“Porque não teremos nem um dia. Os nossos territórios têm 300 quilómetros de largura e não estamos a falar de dias ou semanas, mas de horas”, acrescentou o ex-presidente.

VOCÊ ESTÁ INTERESSADO

Anteriormente, o Presidente do Seimas da Letónia, Daiga Mieriņa, apelou à aceleração da prestação de assistência a Kiev, porque a Ucrânia está a lutar pela paz mundial. Segundo ela, a UE deveria ajudar ainda mais a Ucrânia, especialmente fornecendo apoio militar.

Notou um erro?

Selecione-o com o mouse e pressione Ctrl+Enter ou Enviar um bug



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *