Agressão russa desencadeia onda recorde de refugiados desde a Segunda Guerra Mundial – ONU

A invasão em grande escala do exército russo na Ucrânia causou o maior onda de refugiados desde a Segunda Guerra Mundial, disse a Organização das Nações Unidas para Refugiados, relatórios “Rádio Liberdade“.

“Mais de 7,9 milhões de pessoas deixaram o país e outros 5,9 milhões estão deslocados internamente”, disse a representante do ACNUR na Alemanha, Katharina Lampp.

Esses 14 milhões representam mais de um terço dos cidadãos ucranianos (aproximadamente 41 milhões).

Veja também: Número recorde de requerentes de asilo na Noruega: refugiados ucranianos são a maioria

A contribuição da Alemanha de mais de US$ 500 milhões em apoio aos refugiados perde apenas para a dos Estados Unidos, disse Lampp.

Enquanto isso, programas humanitários para ucranianos estão sendo concluídos em alguns países, e os refugiados da primeira onda são forçados a se transformar temporariamente em emigrantes: procurar moradia e pagar por ela de forma independente, procurar trabalho, colocar os filhos em creches e escolas. Ele fala sobre os problemas atuais dos refugiados ucranianos Elena Zhezera no artigo “Refugiados ucranianos no exterior. Como estão as coisas e o que vem a seguir?»



Deixe uma resposta