Apoio à Ucrânia – o Ministério do Desenvolvimento Digital anunciou que a Meta não bloqueará postagens sobre o Regimento Azov nas redes sociais

O vice-primeiro-ministro – ministro da Transformação Digital, Mikhail Fedorov, disse que a Meta promete desbloquear contas militares no Facebook, bem como não bloquear conteúdo sobre o regimento de Azov. Fedorov escreveu sobre isso em seu Telegram.

“Concordamos sobre isso com Nick Clegg, presidente de política global da empresa, e Monica Bickert, vice-presidente de política de moderação, durante uma reunião em Davos”, disse o chefe do Ministério de Desenvolvimento Digital.

Segundo ele, a equipe do Ministério do Desenvolvimento Digital se comunica constantemente com a Meta Corporation para cooperação. Centenas de contas desbloqueadas de militares, blogueiros e ativistas ucranianos.

“No entanto, o bloqueio de fotos e vídeos sobre o regimento Azov continuou sendo o assunto mais quente. Obrigado ao Meta pela decisão ponderada e importante de mudar a política de moderação para a Ucrânia. Graças a isso, milhões de pessoas no mundo saberão da façanha dos defensores e defensores de Mariupol, e a propaganda russa perderá o argumento de culpar os heróis ucranianos”, acrescentou Fedorov.

Veja também: Durante a guerra, 114 mil ucranianos abriram um negócio

Lembre-se, anteriormente, foi relatado que o vice-primeiro-ministro – ministro da Transformação Digital da Ucrânia, Mikhail Fedorov ganhou o Prêmio Inovador Digital do Ano pelo Future of Government. O prêmio Inovador Digital do Ano homenageia funcionários do governo que defendem com sucesso a digitalização.



Deixe uma resposta