Demissão de Zaluzhny – explicação da assessoria de imprensa de Zelensky


29 de janeiro de 2024, 20h25

Zelensky não demitiu Zaluzhny - assessoria de imprensa

© EPA-EFE/OLEG PETRASYUK

O presidente Vladimir Zelensky não demitiu o comandante-em-chefe das Forças Armadas da Ucrânia, Valery Zaluzhny, disse o secretário de imprensa presidencial, Sergei Nikiforov.

“Não. O Presidente não demitiu o Comandante-em-Chefe”, afirmou em resposta a uma pergunta sobre a demissão de Valery Zaluzhny, que foi discutida nas redes sociais.

Recordemos que na noite de 29 de janeiro, o ex-deputado popular da Verkhovna Rada Borislav Bereza disse que as suas fontes relataram a demissão do comandante-em-chefe Valery Zaluzhny.

Depois de Bereza, tais declarações começaram a ser feitas tanto por figuras públicas quanto por canais anônimos de telegramas, que também acrescentaram que o ministro da Defesa, Rustem Umerov, também havia sido demitido.

Às 19h40, o Ministério da Defesa da Ucrânia informou em seu canal Telegram que “Não, isso não é verdade”.

Ao mesmo tempo, como disse uma fonte ao ZN.UA, “Valery Zaluzhny está recolhendo coisas em seu escritório”. Mas ainda não há decreto sobre demissão.

Notou um erro?

Selecione-o com o mouse e pressione Ctrl+Enter ou Enviar um bug



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *