Guerra na Ucrânia – Klimenko disse que um quarto do pessoal do Ministério da Administração Interna está agora na frente e precisa de armas


01 de fevereiro de 2024, 16h25

Klimenko: O Ministério da Administração Interna também precisa de armas e munições, porque um quarto do pessoal está na frente

© Polícia Nacional da Ucrânia

O Ministro da Administração Interna da Ucrânia, Igor Klimenko, durante reunião com o Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República Federal da Alemanha na Ucrânia, Martin Jäger, disse que o Ministério da Administração Interna também precisa de armas e munições adicionais, porque um quarto do departamento o pessoal está na frente.

“O sistema do Ministério da Administração Interna é um componente importante na defesa da Ucrânia. Agora, quase um quarto de todo o pessoal está na linha de frente. E também precisamos de armas e munições”, observou Klimenko.

Falou também sobre a assistência que a Ucrânia já recebeu de parceiros. Segundo Igor Klimenko, toda a assistência prestada é claramente tida em conta e a sua utilização é cuidadosamente monitorizada.

“A Alemanha doou mais de 40 veículos ao Serviço Estatal de Fronteiras, 6 veículos mecanizados de desminagem e equipamentos especiais, reagentes e consumíveis para pesquisa de DNA ao Serviço Especializado do Ministério da Administração Interna”, acrescentou o chefe do Ministério da Administração Interna.

VOCÊ ESTÁ INTERESSADO

Anteriormente, o Ministro da Administração Interna, Igor Klimenko, afirmou que até hoje existem 35 mil policiais na zona de combate. Mas se a situação na frente piorar, o resto da polícia também estará pronto para pegar em armas e entrar em guerra.

Notou um erro?

Selecione-o com o mouse e pressione Ctrl+Enter ou Enviar um bug



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *