Guerra na Ucrânia – Putney quer enviar estudantes para os territórios ocupados para construção

O líder da Federação Russa, Vladimir Putin, deu à luz uma declaração de que considera uma boa ideia atrair equipes de construção de estudantes para trabalhar nos territórios ocupados da Ucrânia. A informação é da agência de notícias TASS.

“Boa ideia”, disse ele. chefe de estado terrorista 25 de janeiro, em encontro com alunos.

Ao mesmo tempo, Putin explicou confusamente por que é muito cedo para implementar essa ideia agora.

Ele chamou a atenção para o fato de que “nem tudo é simples” e “a situação ainda é complicada em muitos territórios”.

“E se os alunos trabalham lá em massa, você simplesmente não consegue acompanhar todos”, afirmou Putin, sem explicar essa mensagem de forma alguma.

A declaração foi feita em segundo plano relatos na mídia russa de que a Rússia suspendeu o recrutamento de trabalhadores para trabalhar nos territórios ocupados da Ucrânia, já que eles estão sendo mortos por dezenas.

Lembre-se de que em janeiro, em uma reunião com funcionários, o próprio Putin legitimou esse tópico no espaço da informação – a morte de construtores russos que trabalhavam nos territórios ocupados.

Além disso, ainda não há pagamentos aos construtores feridos ou às famílias dos mortos nos territórios ocupados.

Lembre-se que na semana passada o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, durante o café da manhã ucraniano em Davos expressou dúvidas se Putin está vivo. Ele observou que, como resultado, hoje tal situação se desenvolveu que não está nada claro com quem na Rússia falar e sobre o quê.

Deixe uma resposta