Mobilização na Ucrânia – o recrutamento do exército começa em quatro cidades


A agência estatal de recrutamento Svidomo criará centros em Kiev, Lviv, Dnipro e Odessa para ensinar às pessoas como ingressar nas Forças Armadas Ucranianas. O início do projeto está previsto para o final de março.

O representante autorizado do Ministério da Defesa para recrutamento, Alexey Bezhevets, falou sobre isso em comentário para o Exército FM.

VOCÊ ESTÁ INTERESSADO

“São projetos piloto. A versão básica está no CNAP: para que uma pessoa venha tirar ao recrutador todas as dúvidas que tiver sobre o serviço: como aderir, quais as vagas e muito mais”, notou.

Segundo ele, será possível vir diversas vezes, e também deixar seus contatos para comunicação caso em determinado momento não haja vaga que atenda às necessidades.

“Quando surgir uma vaga, o recrutador terá que localizar essa pessoa na base de dados, informá-la e convidá-la para uma reunião de acompanhamento”, explicou Bezhevets.

VOCÊ ESTÁ INTERESSADO

Ele lembrou que após a escolha do cargo, o recrutador deve acompanhar a pessoa em cada etapa subsequente até o ingresso na unidade militar.

“O recrutamento é uma escolha consciente de uma pessoa. E a tarefa da agência é garantir os processos mais transparentes e garantidos”, finalizou o representante do Ministério da Defesa.

VOCÊ ESTÁ INTERESSADO

Anteriormente, o presidente Vladimir Zelensky disse que os representantes do TCC e do SP não deveriam andar nas ruas procurando homens em idade militar.

Por sua vez, o Comissário da Verkhovna Rada para os Direitos Humanos, Dmitry Lubinets, já explicou que apenas os funcionários da Polícia Nacional, da Guarda Nacional e do Serviço Fiscal do Estado têm o direito de verificar os documentos dos ucranianos. O Provedor de Justiça disse que está indignado com os casos em que representantes do TCC usam a força contra cidadãos. Para todos esses incidentes comprovados, já foram abertos processos criminais, após os quais as verificações geralmente continuam nos cartórios de registro e alistamento militar.

Notou um erro?

Selecione-o com o mouse e pressione Ctrl+Enter ou Enviar um bug



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *