Pérola do Catar e bola autografada por Neymar foram levadas durante invasão da Câmara – Notícias

09/01/2023 – 19:42  

Câmara dos Deputados

O suporte e a concha foram deixados, mas a pérola foi roubada

Uma pérola do Catar e uma bola de futebol autografada por Neymar, que foram presenteadas à Câmara dos Deputados e estavam expostas no Salão Verde, sumiram depois da invasão da Câmara dos Deputados por radicais defensores de um golpe de Estado.

A pérola do Catar foi um presente do ministro das Relações Exteriores e vice-primeiro-ministro do Estado do Catar, Mohammed bin Abdulrahman Al-Thani, ao então presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em 8 de setembro de 2019, por ocasião de visita oficial de Maia ao Catar.

A bola de futebol foi um presente da Delegação de Jogadores do Santos Futebol Clube ao então presidente da Câmara, Marco Maia, em 10 de abril de 2012, por ocasião da sessão solene em comemoração ao centenário do clube.

Acervo Câmara dos Deputados

Bola de futebol presenteada pelo time do Santos

Presentes destruídos
Dos 46 presentes protocolares que estavam expostos no Salão Verde, outros foram danificados e alguns destruídos, sem possibilidade de recuperação. Entre eles dois vasos de porcelana.

Um deles foi um presente do deputado Lászlo Kövér, presidente da Assembleia Nacional da República da Hungria, ao deputado Marco Maia, então presidente da Câmara, em 27 de outubro de 2011, por ocasião de visita oficial.

O outro vaso foi um presente do parlamentar Wang Zhaoguo, vice-presidente do Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional da República Popular da China, também ao ex-presidente Marco Maia, em 21 de março de 2012.

Outro presente destruído foi uma obra de arte em forma de ovo de avestruz, de autor desconhecido. Foi um presente do deputado Ahmed Ibrahim El-Tahir, presidente da Assembleia Nacional da República do Sudão, também a Marco Maia, em 8 de novembro de 2012, por ocasião de visita oficial.

Da Redação/WS

Deixe uma resposta