Polícia tenta identificar envolvidos na morte de jovem em Almirante Tamandaré


A Polícia Civil iniciou a investigação para tentar descobrir o autor ou autores da morte de Ruan Carlos Fávaro, 25 anos, no início da tarde deste domingo (11), na Rua São Rafael, bairro Monte Santo, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba.

Informações levantadas pelo Plantão 190 dão conta que na noite de sábado (10), Ruan, que trabalhava de mecânico, recebeu uma chamada estranha para socorrer um veículo no município de Itaperuçu. Com medo, já que ele estaria sendo ameaçado pelo cunhado ele não foi até o chamado. Na manhã de domingo, novamente ele recebeu uma ligação estranha, desta vez ele pediu o suposto cliente fosse até o endereço que ele estava para que ele pudesse fazer a manutenção. Não demorou muito, criminosos foram até o local onde ele estava e efetuaram disparos em Ruan que estava arrumando seu carro. Ele chegou a correr para pedir ajuda, mas acabou caindo no quintal da casa de sua avó, onde não resistiu aos ferimentos.

Na rua há câmeras de segurança que podem ajudar a polícia a identificar o autor do crime. Com o celular da vítima, a Polícia Civil poderá identificar quem ligou para Ruan para armar a tocaia que tirou sua vida. Ruan deixou duas filhas pequenas. O corpo será velado na Capela Vaticano em Almirante Tamandaré, onde será enterrado na tarde desta segunda-feira.


Plantão 190

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *