Prédio com 35 famílias desaba em Aleppo

No domingo, um prédio desabou em Aleppo, a segunda cidade devastada pela guerra na Síria, matando 16 pessoas, incluindo crianças, disseram autoridades e a mídia.

“O número de mortos no desabamento de um prédio residencial… subiu para 16”, informou a agência de notícias estatal SANA.

Segundo o Ministério de Assuntos Internos da Síria, apenas uma pessoa foi resgatada dos escombros de um prédio de cinco andares onde moravam sete famílias.

No domingo anterior, SANA, a agência de notícias curda, informou que cinco crianças estavam entre os mortos.

Citando uma fonte policial, a agência disse que um prédio no bairro de Sheikh Maqsood, em Aleppo, desabou “devido a vazamentos de água” na fundação.

Os locais disseram AFPcerca de 35 pessoas viviam no prédio.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede no Reino Unido, disse que as vítimas incluíam deslocados de Afrin, mais ao norte, onde a vizinha Turquia estava na ofensiva em 2018.

Quase meio milhão de pessoas foram mortas na guerra na Síria, que começou em 2011 e deslocou cerca de metade da população do país antes da guerra.

Muitos dos que foram forçados a deixar suas casas tiveram que se mudar para edifícios com estruturas instáveis, resultando em colapsos relativamente frequentes.

Em setembro passado, um prédio desabou no bairro de Ferdaus, em Aleppo, matando 10 pessoas, incluindo três crianças.

Em fevereiro de 2019, um prédio de apartamentos danificado pela guerra também desabou na cidade, matando 11 pessoas, incluindo quatro crianças.



Deixe uma resposta