Trailer de “O Exorcismo” é estrelado por Russell Crowe como ator de terror que se desvenda

O trailer da última versão do gênero de extração de demônios foi lançado na quinta-feira com uma primeira olhada em O exorcismoestrelado pelo vencedor do Oscar Russell Crowe como um ator que começa a se desvendar enquanto filma um filme de terror sobrenatural.

O exorcismodo diretor Joshua John Miller, terá lançamento exclusivo nos cinemas a partir de 7 de junho.

Nesta reviravolta no gênero que cativa o público desde 1973 O ExorcistaCrowe é acompanhado por Ryan Simpkins como a filha distante de seu personagem, que começa a suspeitar que os problemas de seu pai são mais sinistros do que uma recaída em antigos problemas de dependência.

De acordo com o enredo, Crowe estrela como Anthony Miller, um “ator problemático que começa a se desintegrar enquanto filma um filme de terror sobrenatural”.

O elenco é complementado por vários atores coadjuvantes notáveis, incluindo Sam Worthington (Avatar: O Caminho da Água), Chloé Bailey (Elogie isto), Adam Goldberg (O equalizador) e David Hyde Pierce (Frasier).

Miller se uniu ao co-roteirista MA Fortin em O exorcismo, seu segundo filme juntos. Os dois compartilharam o crédito de redação do próximo projeto e da série de sucesso Rainha do Sul; a dupla também escreveu e produziu As últimas garotas. Miller começou sua carreira de décadas em Hollywood com um papel no gênero vampiro favorito de Kathryn Bigelow, Perto do escuro.

Miller disse que a ideia do filme surgiu de sua infância assistindo seu pai, Jason Miller, interpretando o condenado padre Karras se jogando pela janela no clímax de O Exorcista.

“Se isso não fosse assustador o suficiente por si só, meu pai nunca se esquivou de me contar histórias de quão ‘amaldiçoado’ o filme era: os incêndios misteriosos que assolaram a produção, as mortes estranhas, os ferimentos ao longo da vida – a lista foi continuamente. A tradição de qualquer ‘filme amaldiçoado’ me cativou desde então”, disse ele em comunicado.

“Com O exorcismo, queríamos atualizar a fórmula do filme de possessão (‘Homem heróico resgata mulher de forças que ela é muito fraca e simples para lutar contra si mesma!’) para um mundo onde nenhum grupo possui a bondade e a decência em detrimento de outro”, continuou ele. “Fomos presenteados com um elenco extraordinário e uma equipe criativa para contar uma história sobre como somos todos vulneráveis ​​à escuridão, para perpetuá-la, se não conseguirmos enfrentar nossos demônios.”

Os direitos norte-americanos do filme de terror, anteriormente conhecido como O Projeto Georgetown, foram adquiridos pelo distribuidor independente Vertical. Foi produzido pela Miramax, Kevin Williamson e Outerbanks Entertainment.

Hollywood Reporter.