Zelensky expressou sua visão da dignidade e liberdade dos ucranianos

Dignidade e liberdade para os ucranianos são os principais valores que estão inextricavelmente entrelaçados como as margens direita e esquerda do Dnieper e respondem às perguntas “quem são os ucranianos”, disse ele em seu discurso na ocasião Dia da Dignidade e da Liberdade Presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky.

“Sempre nos lembramos disso e não temos o direito de esquecer. Sempre valorizamos isso e não temos medo de defendê-lo. Sempre soubemos o que queríamos. E este ano todos descobriram que podemos. Isso foi visto por amigos e inimigos”, disse o chefe de Estado.

Ele acrescentou que, nos últimos nove meses, todos viram como você pode lutar contra um dos maiores exércitos do mundo e se tornar um dos melhores exércitos do mundo.

“Todos viram que tipo de cidadãos nós temos! Como você pode se tornar uma parede viva no caminho das colunas militares do ocupante, parar e implantar tanques inimigos e veículos blindados com as próprias mãos. … Estamos prontos para dar o último, para que o guerreiro ucraniano pareça digno. Lutou com dignidade. Ganhei com dignidade”, disse Zelensky em seu discurso.

Ele elogiou os empresários ucranianos, trabalhadores da indústria do entretenimento, cientistas e outros cidadãos que não se afastaram e também ajudaram o exército, enquanto repreendiam os oligarcas.

“Todo mundo viu que tipo de gente nós temos! Pronto para dar o último. Pronto para ficar até o fim. Eles não perderam a dignidade. Coragem. Fé em si mesmo. E unidos. Para não perder a liberdade. Não perca sua independência. Não perca a Ucrânia. …

… E no Dia da Dignidade e da Liberdade nos reuniremos na Praça da Independência. Onde sempre defenderam a dignidade e a liberdade. No granito, nas barricadas durante a Revolução Laranja e a Revolução da Dignidade. Onde celebramos o 30º aniversário da independência da Ucrânia. E onde celebraremos o Dia da Vitória. Na pacífica Kyiv, na pacífica Ucrânia, direi algo importante. A coisa principal. O que permaneceu inalterado. E permanecerá inalterado”, acrescentou o presidente.

Veja também: Grã-Bretanha não concorda com o desejo da França de colocar Moscou e Kyiv na mesa de negociações

Recorde-se que foi a 21 de novembro que tiveram início na Ucrânia duas revoluções – a Revolução Laranja (2004) e a Revolução da Dignidade (2013) – que se tornaram um símbolo da vitória da democracia, da liberdade e dos interesses nacionais. E se a Revolução Laranja terminou em uma solução pacífica para a situação (o terceiro turno das eleições presidenciais, que provou a falsificação durante a votação preliminar), então, como resultado da Revolução da Dignidade em Kyiv, mais de 100 pessoas morreram, mais de 1.300 ficaram feridos.

Deixe um comentário

https://linkmycontent.com/wp-content/uploads/situs-judi-slot-gacor-gampang-menang/

https://threeguru.com/wp-content/uploads/situs-slot-gacor-gampang-menang/

https://www.padslakecounty.org/wp-content/uploads/rekomendasi-situs-slot-gacor-gampang-menang/

https://sandpointmedspa.com/wp-content/uploads/bocoran-situs-slot-gacor-gampang-menang/

https://ihmcathedral.com/wp-includes/daftar-situs-slot-gacor-gampang-menang/

https://irisprojects.com/daftar-judi-slot-online-jackpot-terbesar/

www.techeasypay.com/slot-gacor-online-gampang-menang

https://www.clinicavalparaiso.cl/kumpulan-situs-slot-gacor-terbaik-gampang-menang-resmi/

https://www.forumartcentre.com/wp-includes/slot-gacor/

https://lawschoolsecretstosuccess.com/wp-includes/slot-gacor/

https://threeguru.com/wp-includes/link-situs-slot-gacor/